Crítica Diplomacia -

Status
Não esta aberto para novas mensagens.

Thor de Almas

Membro
Pontuação de reações
31
Sei que foram abertos outros tópicos falando a respeito disso e a resposta do suporte é smp na mesma linha.
Mas ainda entendo que a diplomacia é um ponto sensível a ser tratado nesse jogo.

Estamos em um estágio em que tem sido usado em extremo excesso as relações diplomáticas, vejo como exemplo um mundo gigantesco lançado recentemente e as guerras ocorrem praticamente apenas em alguns ks a noroeste pois todo o resto é aliado.

Ou mesmo o número de tribos na mesma família. Vemos com exaustão mundos onde 1 família possui 10 tribos, as vezes nem conhecem os jogadores de todas, mas fazem isso apenas pra manter regiões debaixo das asas, o que torna o jogo ridículo e sem guerra.

Acho que a inno deveria repensar um pouco a formula atual de diplomacias e na minha opinião deveria se fazer isso através de incentivos a guerra.

Poderia lançar um sistema de pontuação dos níveis da tribo relacionado a porcentagem de influência da tribo por k, com medições por unidades mortas em ks que sejam influenciados por mais de 1 tribo e se a influencia for 100% gera pontuação maxima nos níveis. Com isso incentivaria ao confronto e redução de alianças dando mais beneficios as tribos que efetivamente participam de guerra.

O jogo se chama tribal wars, esse monte de tribos na mesma familia e alianças descaracterizam muito isso
 

o lavrador - Portela xS.

Membro Notável
Pontuação de reações
146
a adm do tw não age por pura preguiça de pensar, pois essa é uma demanda recorrente.
Todo mês alguem abre tópico falando sobre isso
Solução sem duvidas que há.

Essa questão das famílias gigantes então beiram o ridiculo.
Staffs medrosas e fracas que não possuem capacidade de criar estrategias eficazes pra seus membros. Preferem recrutar todo mundo e manipular influencia assim, fazer oq
 

R A N D O M P L A Y E R

Membro Notável
Pontuação de reações
534
Sei que foram abertos outros tópicos falando a respeito disso e a resposta do suporte é smp na mesma linha.
Mas ainda entendo que a diplomacia é um ponto sensível a ser tratado nesse jogo.

Estamos em um estágio em que tem sido usado em extremo excesso as relações diplomáticas, vejo como exemplo um mundo gigantesco lançado recentemente e as guerras ocorrem praticamente apenas em alguns ks a noroeste pois todo o resto é aliado.

Ou mesmo o número de tribos na mesma família. Vemos com exaustão mundos onde 1 família possui 10 tribos, as vezes nem conhecem os jogadores de todas, mas fazem isso apenas pra manter regiões debaixo das asas, o que torna o jogo ridículo e sem guerra.

Acho que a inno deveria repensar um pouco a formula atual de diplomacias e na minha opinião deveria se fazer isso através de incentivos a guerra.

Poderia lançar um sistema de pontuação dos níveis da tribo relacionado a porcentagem de influência da tribo por k, com medições por unidades mortas em ks que sejam influenciados por mais de 1 tribo e se a influencia for 100% gera pontuação maxima nos níveis. Com isso incentivaria ao confronto e redução de alianças dando mais beneficios as tribos que efetivamente participam de guerra.

O jogo se chama tribal wars, esse monte de tribos na mesma familia e alianças descaracterizam muito isso

Gostei da ideia.
Recompensar alguém por estatísticas de guerra é uma boa mesmo, uma forma de incentivo igual é o Prestígio com a tribo.
 

DevoradorDeAlmas

Membro Notável
Pontuação de reações
437
A vdd q ninguém tá preocupado com a comunidade

Criaram um primo jogo mas pioraram ele ao longo dos anos
 

BOB o Paaa-piii

Membro Notável
Pontuação de reações
235
Sei que foram abertos outros tópicos falando a respeito disso e a resposta do suporte é smp na mesma linha.
Mas ainda entendo que a diplomacia é um ponto sensível a ser tratado nesse jogo.

Estamos em um estágio em que tem sido usado em extremo excesso as relações diplomáticas, vejo como exemplo um mundo gigantesco lançado recentemente e as guerras ocorrem praticamente apenas em alguns ks a noroeste pois todo o resto é aliado.

Ou mesmo o número de tribos na mesma família. Vemos com exaustão mundos onde 1 família possui 10 tribos, as vezes nem conhecem os jogadores de todas, mas fazem isso apenas pra manter regiões debaixo das asas, o que torna o jogo ridículo e sem guerra.

Acho que a inno deveria repensar um pouco a formula atual de diplomacias e na minha opinião deveria se fazer isso através de incentivos a guerra.

Poderia lançar um sistema de pontuação dos níveis da tribo relacionado a porcentagem de influência da tribo por k, com medições por unidades mortas em ks que sejam influenciados por mais de 1 tribo e se a influencia for 100% gera pontuação maxima nos níveis. Com isso incentivaria ao confronto e redução de alianças dando mais beneficios as tribos que efetivamente participam de guerra.

O jogo se chama tribal wars, esse monte de tribos na mesma familia e alianças descaracterizam muito isso


Tribos com limite de 40 membros e depois de 1 jogador entrar numa tribo ser impossível abandonar a mesma.

Coisa mais simples de fazer. Há mais de 10 anos que sugeri isso.
 

gcbucci

Membro Notável
Pontuação de reações
162
Apesar de achar o sistema de diplomacia um tanto quanto simples e acreditar que deveriam haver ferramentas adicionais, nenhuma delas na minha opinião são relacionadas com os "problemas" que você reportou. Mass recruit não é e nunca foi decisivo em guerras, e o fato de X tribos virarem em 1 faz totalmente parte do jogo. Tribalwars é um jogo de guerra, e como toda e qualquer guerra o relacionamento interpessoal é essencial, e o maior desafio do jogo na minha opinião está justamente aí. Ganha o jogo a tribo que mais for unida e souber conversar com os outros players do "tabuleiro".

Acho que "punir" uma determinada aliança/tribo pelo seu tamanho, é simplesmente colocar um handicap no jogo e isso não vai atingir o efeito de balanceamento que você busca.

Acredito que as ferramentas adicionais que seriam legais na diplomacia, seria uma forma de definir previamente dentro do jogo quanto tempo esta diplomacia durará, com opção de escolher tempo ou indeterminado (com opção de bonus de defesa se atacados durante a duração da diplomacia). Adicional a isto, colocar uma opção de "tempo de preparação" após um dos lados decretar o fim da diplomacia (como por ex, 48 horas após o encerramento os participantes não podem se atacar). Tudo isto dentro do proprio jogo, com os lados envolvidos aceitando todas as condições impostas na negociação da diplomacia.

@OFF
Quanto a sua citação do mundo em questão, todos os participantes do mundo sabem que a guerra só se encontra desta forma por atitudes da propria tribo que tá "sozinha".
 
Última edição:

LoveCPs

Membro Notável
Pontuação de reações
1.253
Quer uma sugestão? Sistema de interligação de diplomacias.

- Pra que as Tribos sejam aliadas, tem que ambas aceitar (parecido com o sistema de pedido de paz).

- Tribos marcadas como aliadas ou PNA batem como visita até 48h até o término do pacto. (prevenção a traições e noblagens de "doações", enquanto parte de uma Tribo, obrigando o desistente a jogar até ser noblado e punindo tribos muito grandes com "inativos")
 

7W.Fimbull

Membro Ativo
Pontuação de reações
60
Penso que apenas um benefício de guerras como foi falado com talvez prestígio já seria bom, pelo menos para as tribos que não estão em famílias, do contrário, são relações voluntárias que não tem como ir contra, o fato de ter 10 tribos se alinhando não tem como evitar se todos os membros estão de acordo
 

martiscore

Membro
Pontuação de reações
2
Sei que foram abertos outros tópicos falando a respeito disso e a resposta do suporte é smp na mesma linha.
Mas ainda entendo que a diplomacia é um ponto sensível a ser tratado nesse jogo.

Estamos em um estágio em que tem sido usado em extremo excesso as relações diplomáticas, vejo como exemplo um mundo gigantesco lançado recentemente e as guerras ocorrem praticamente apenas em alguns ks a noroeste pois todo o resto é aliado.

Ou mesmo o número de tribos na mesma família. Vemos com exaustão mundos onde 1 família possui 10 tribos, as vezes nem conhecem os jogadores de todas, mas fazem isso apenas pra manter regiões debaixo das asas, o que torna o jogo ridículo e sem guerra.

Acho que a inno deveria repensar um pouco a formula atual de diplomacias e na minha opinião deveria se fazer isso através de incentivos a guerra.

Poderia lançar um sistema de pontuação dos níveis da tribo relacionado a porcentagem de influência da tribo por k, com medições por unidades mortas em ks que sejam influenciados por mais de 1 tribo e se a influencia for 100% gera pontuação maxima nos níveis. Com isso incentivaria ao confronto e redução de alianças dando mais beneficios as tribos que efetivamente participam de guerra.
Guia de jogos de azar on-line
O jogo se chama tribal wars, esse monte de tribos na mesma familia e alianças descaracterizam muito isso
Na realidade, já tenho guerras suficientes. Eu gosto mais do jogo quando está calmo
 
Status
Não esta aberto para novas mensagens.
Topo