Tribuna Tribal Wars, BR117 - Edição I (A Primeira Guerra)

Status
Não esta aberto para novas mensagens.

Lannister MalDimais

Membro Notável
Pontuação de reações
728
Tribuna Tribal Wars


Edição l (A Primeira Guerra)

Boa noite comunidade do Tribal Wars, essa nossa primeira edição do BR117 é dividida em duas partes, sendo uma pelo YouTube entrevistando Thomas e Amanda "líderes da KILL" em um debate contra Renan e Lívio, "líderes da RIP". A outra parte da entrevista vocês acompanham aqui, pelo FTW.

Entrevista/Debate pelo YouTube

Equipe Tribuna

WhatsApp Image 2023-01-26 at 00.41.35.jpeg





Entrevista com Arnaldo, líder da NoFear.

WhatsApp Image 2023-01-26 at 00.41.14.jpeg

Aleson: Boa tarde Arnaldo, tudo bem ? Espero que sim. Arnaldo conta pra gente um pouco sobre sua experiência com Tribal Wars, como começou a jogar e quantos mundos já jogou ?

Arnaldo: Boa tarde, é o seguinte eu já jogo há 14 anos com alguns hiatos, em várias contas e em vários servers, a minha experiência se iniciou no tempo de escola quando todo mundo começou a jogar aqui em Portugal, a gente ia de intervalo em intervalo à biblioteca da escola pra fazer as paradas do jogo e prossegui jogando ao longo dos anos.

Aleson: Arnaldo, qual a sua experiência como líder, quais TAGs e em quais BRs você já liderou ?

Arnaldo:
Na verdade tive a minha primeira experiência como líder há uns 4 anos no m90, mas nem lembro qual era a tag, estava lá numa tribo tinha voltado ao jogo e peguei o mundo já com 2 meses de vida, pouco tempo depois a tribo havia debandado e eu criei uma minha e essa foi a minha primeira experiência como lider apesar de ter sido de curta duração. Atualmente lidero um projeto mais sólido, estou liderando a Hell no m114, surgiu da mesma forma que a posterior mas com umas mudanças de tag pelo meio , já tendo feito parte da P3LOPE e atualmente na Btr, nunca larguei a liderança e estou colocando em prática os conhecimentos que acumulei ao longo dos anos.
Por fim eu já havia pensado num projeto meu e decidimos entrar no M117. A ideia inicial era por conta da entrada do suporte e apesar de alguns percalços, a nossa made rachou, mesmo após a entrada uns membros traíram mas estou na liderança da NO FEAR.

Aleson: Mas a NoFear segue firme no 117 ? Por ser um BR muito novo não há a possibilidade de reiniciar ou reverter a situação?

Arnaldo: A gente por mais que preveja o que vai ser ou o que pode ser o BR, seja em que mundo for há a possibilidade de reiniciar, cair na primeira guerra, virar do nada devido a vários fatores, wave bans, etc. então não consigo adivinhar um desfecho a longo prazo, só enaltecer e isso vai de encontro à pergunta, a gente é teimosa e gosta de contrariar as probabilidades então mesmo que haja percalços estaremos aí pra ir até ao fim.

Aleson: Perfeito Arnaldo. Você citou que houve a traição de alguns membros, pode explicar isso pra gente ?

Arnaldo: A nossa pré-made pra este BR, rachou faz uns 3 meses, tinhamos mais de 150 players em mãos, no entanto muita galera saiu devido a acontecimentos do m115, e parte da tribo ficou dividida. Então na hora da entrada no mundo, tivemos de abrir recrutamento e sabe como é, trazer o amigo do amigo é sempre menos confiavel do que ter tudo já pronto, então na 1a semana houve players que pularam pra RIP e têm vindo a atacar a gente.

Aleson: Certo. E qual a maior dificuldade que a NoFear enfrentou contra a RIP ? Ou a virada dos players que de fato desandou as coisas ?

Arnaldo: A dificuldade foi por questão de movimento dos players, nós realocamos com uma estratégia já desenhada, os players que pularam fora ocupam um espaço que dividiu a tribo em 2. Facilitou a vida pra RIP.

Aleson: Arnaldo, na sua opinião qual é a tribo favorita para vencer esse Br ?

Arnaldo: Há várias favoritas na verdade, não podemos negar que existe tribos com muita experiência neste 117, é dos mundos mais completos dos últimos anos e na teoria a RIP, a Killer e WA são as favoritas, no entanto, isto é uma fase inicial e o que sucede com um sucede com todos, todos tem percalços e por mais que planejemos tudo pode mudar.

Aleson: Arnaldo, gostaria de deixar algum recado para a comunidade do Tribal Wars?

Arnaldo: Gostaria de deixar um recado em nome da FEAR, aconteça o que acontecer já deu pra ver que nos viam como uma ameaça por isso nos tentaram abater, no entanto nós vamos continuar o nosso caminho, inicio de BR há sempre aquele player que dorme, mas os que ficam são os que não dormem e são chatos e persistentes, esses são os que ganham mundos e nós somos esse tipo de players, acho que ainda vai haver muito pra rolar aí pra frente.


Entrevista com Nael, líder da RIP

WhatsApp Image 2023-01-26 at 00.41.14 (1).jpeg

Aleson: Boa tarde Nael, como tem passado, tudo bem ?
Nael, conta um pouco pra gente da sua experiência com Tribal Wars, quantos mundo já jogou ?

Nael: Boa tarde Aleson, tudo certo e aí?
Eu iniciei no TW de verdade no M34, jogando pela cRy?!; Voltei no 72 onde chegamos ate a guerra final contra a Hero. Aquele BR tem uma marca especial pra mim pois foi onde conheci muitos amigos e adquiri muita experiência. Depois disso, joguei o 100 na Olimpo. No 113 eu fui ADM da RIP, onde fomos também até a guerra final. Atualmente eu sou ADM da Chico no 116 e, obviamente, Líder da RIP no 117.

Aleson: Excelente Nael. Como você chegou até a liderança da RIP, você já conhecia a STAFF e recebeu o convite ?

Nael: Acredito que, modéstia parte, cheguei na liderança através do meu ótimo trabalho realizado no 113 e no 116. Digo isso não só com a minha opiniao, mas considerando o que ouvi e ouço de todos que jogaram/jogam comigo. Naturalmente acabei virando o braçi direito do Renan que não joga.

Aleson:
Nael, a RIP vem forte para esse BR117. Conta um pouco pra gente sobre a estratégia desse início de BR, alguma surpresa ? Ou a primeira semana está sendo dentro do esperado e planejado pela STAFF da RIP ?

Nael: Nossa única estratégia é evitar que nossos membros saiam de férias antecipadas. No geral, não tem nada em especial, nosso early game continua o mesmo.
Aleson: Na sua opinião qual é a tribo que vem mais forte nesse BR 117 e o porque ?

Nael: A mais forte é a RIP, sem dúvida. Assim como a Killer e a WA, a RIP tem um ótimo elenco, porém o que a destaca das demais é que, além do ótimo elenco, a RIP tem uma ótima liderança e isso todos sabem. Na verdade não conheço muito a liderança da WA, mas a Killer eu sei que peca MUITO nesse aspecto.

Aleson: Nael, a RIP atualmente está em guerra com a NoFear, conta um pouco pra gente como tem sido essa guerra

Nael: Não vou negar que eu esperava termos algumas conquistas a essa altura do jogo, porém o TW é cheio de surpresas. Acredito que logo as coisas começam a ocorrer como o esperado.

Aleson: Qual a maior dificuldade que a RIP enfrenta nesse início de BR?

Nael: Eu diria que a maior dificuldade até agora é o fato de que saímos todos muito aglomerados, e isso complica um pouco a questão do Farm da galera, principalmente de quem tá no mar azul.

Aleson: Nael, gostaria de deixar algum recado para a comunidade?

Nael: Faremos história. Alguns de nós iremos ganhar dois BRs seguidos, 116 e 117. Espero que os que falam em bater na RIP e procuram motivos pra desdenhar de nós, permaneçam no BR pelo menos até a hora de nos enfrentar. Aguarde, Bad, Thomas, Starway e todos os randons que colocaram um alvo na nossa cabeça. Vamos varrer um por um!

Essa foi a nossa primeira edição do Tribuna Tribal Wars para o BR117. Agradeço a todos os entrevistados por ceder um pouco de seu tempo para falar sobre esse inicio de BR para a comunidade.

Agradeço a todos os leitores pela atenção, Tribuna Tribal Wars, o seu jornal do Tribal Wars.


Observação IMPORTANTE: A entrevista com o Nael foi realizada quase duas semanas antes da entrevista com o Arnaldo, por isso o momento da guerra entre NoFear e RIP não são os mesmos durante ambas as entrevistas.


OFF: O Nael não perdeu tempo em fazer memes referente a minha demora para concluir a entrevista, então vou deixar alguns dos memes desse engraçadinho aqui embaixo.

WhatsApp Image 2023-01-17 at 01.35.49 (1).jpeg

WhatsApp Image 2023-01-23 at 12.25.14.jpeg
 
Última edição:

Lannister MalDimais

Membro Notável
Pontuação de reações
728
Pessoal, pensei em colocar legenda nas entrevistas, explicando a fala de alguns entrevistados para quem tiver por fora. Como por exemplo quando o Nael disse "Renan que não joga", foi uma brincadeira referente a um assunto que deu o que falar no FTW em outro mundo. Enfim, vocês acham que é necessário esse tipo de legenda ou não ?
 

Livio FTW

Membro Notável
Pontuação de reações
1.077
"Aleson: Excelente Nael. Como você chegou até a liderança da RIP, você já conhecia a STAFF e recebeu o convite ?"

"Nael: Acredito que, modéstia parte, cheguei na liderança através do meu ótimo trabalho realizado no 113 e no 116. Digo isso não só com a minha opiniao, mas considerando o que ouvi e ouço de todos que jogaram/jogam comigo. Naturalmente acabei virando o braçi direito do Renan que não joga."


Nael foi convidado por mim no br113 para compor a staff e graças a sua super atividade, se destacou e se tornou um dos líderes naquele BR. Depois disso, faz parte da nossa Staff em todos os BRs que estivermos ativos. Acredito que ele tenha interpretado a pergunta do jeito errado kkkk.
 

Mick Jagger

Membro Notável
Pontuação de reações
1.798
"Aleson: Excelente Nael. Como você chegou até a liderança da RIP, você já conhecia a STAFF e recebeu o convite ?"

"Nael: Acredito que, modéstia parte, cheguei na liderança através do meu ótimo trabalho realizado no 113 e no 116. Digo isso não só com a minha opiniao, mas considerando o que ouvi e ouço de todos que jogaram/jogam comigo. Naturalmente acabei virando o braçi direito do Renan que não joga."


Nael foi convidado por mim no br113 para compor a staff e graças a sua super atividade, se destacou e se tornou um dos líderes naquele BR. Depois disso, faz parte da nossa Staff em todos os BRs que estivermos ativos. Acredito que ele tenha interpretado a pergunta do jeito errado kkkk.
KKKKKKKKK é uma versão de resposta tbm. Mas se falar q eu menti, errou.
 

Mick Jagger

Membro Notável
Pontuação de reações
1.798
Tribuna Tribal Wars

Edição l (A Primeira Guerra)

Boa noite comunidade do Tribal Wars, essa nossa primeira edição do BR117 é dividida em duas partes, sendo uma pelo YouTube entrevistando Thomas e Amanda "líderes da KILL" em um debate contra Renan e Lívio, "líderes da RIP". A outra parte da entrevista vocês acompanham aqui, pelo FTW.

Entrevista/Debate pelo YouTube

Equipe Tribuna

Ver anexo 24010





Entrevista com Arnaldo, líder da NoFear.

Ver anexo 24011

Aleson: Boa tarde Arnaldo, tudo bem ? Espero que sim. Arnaldo conta pra gente um pouco sobre sua experiência com Tribal Wars, como começou a jogar e quantos mundos já jogou ?

Arnaldo: Boa tarde, é o seguinte eu já jogo há 14 anos com alguns hiatos, em várias contas e em vários servers, a minha experiência se iniciou no tempo de escola quando todo mundo começou a jogar aqui em Portugal, a gente ia de intervalo em intervalo à biblioteca da escola pra fazer as paradas do jogo e prossegui jogando ao longo dos anos.

Aleson: Arnaldo, qual a sua experiência como líder, quais TAGs e em quais BRs você já liderou ?

Arnaldo:
Na verdade tive a minha primeira experiência como líder há uns 4 anos no m90, mas nem lembro qual era a tag, estava lá numa tribo tinha voltado ao jogo e peguei o mundo já com 2 meses de vida, pouco tempo depois a tribo havia debandado e eu criei uma minha e essa foi a minha primeira experiência como lider apesar de ter sido de curta duração. Atualmente lidero um projeto mais sólido, estou liderando a Hell no m114, surgiu da mesma forma que a posterior mas com umas mudanças de tag pelo meio , já tendo feito parte da P3LOPE e atualmente na Btr, nunca larguei a liderança e estou colocando em prática os conhecimentos que acumulei ao longo dos anos.
Por fim eu já havia pensado num projeto meu e decidimos entrar no M117. A ideia inicial era por conta da entrada do suporte e apesar de alguns percalços, a nossa made rachou, mesmo após a entrada uns membros traíram mas estou na liderança da NO FEAR.

Aleson: Mas a NoFear segue firme no 117 ? Por ser um BR muito novo não há a possibilidade de reiniciar ou reverter a situação?

Arnaldo: A gente por mais que preveja o que vai ser ou o que pode ser o BR, seja em que mundo for há a possibilidade de reiniciar, cair na primeira guerra, virar do nada devido a vários fatores, wave bans, etc. então não consigo adivinhar um desfecho a longo prazo, só enaltecer e isso vai de encontro à pergunta, a gente é teimosa e gosta de contrariar as probabilidades então mesmo que haja percalços estaremos aí pra ir até ao fim.

Aleson: Perfeito Arnaldo. Você citou que houve a traição de alguns membros, pode explicar isso pra gente ?

Arnaldo: A nossa pré-made pra este BR, rachou faz uns 3 meses, tinhamos mais de 150 players em mãos, no entanto muita galera saiu devido a acontecimentos do m115, e parte da tribo ficou dividida. Então na hora da entrada no mundo, tivemos de abrir recrutamento e sabe como é, trazer o amigo do amigo é sempre menos confiavel do que ter tudo já pronto, então na 1a semana houve players que pularam pra RIP e têm vindo a atacar a gente.

Aleson: Certo. E qual a maior dificuldade que a NoFear enfrentou contra a RIP ? Ou a virada dos players que de fato desandou as coisas ?

Arnaldo: A dificuldade foi por questão de movimento dos players, nós realocamos com uma estratégia já desenhada, os players que pularam fora ocupam um espaço que dividiu a tribo em 2. Facilitou a vida pra RIP.

Aleson: Arnaldo, na sua opinião qual é a tribo favorita para vencer esse Br ?

Arnaldo: Há várias favoritas na verdade, não podemos negar que existe tribos com muita experiência neste 117, é dos mundos mais completos dos últimos anos e na teoria a RIP, a Killer e WA são as favoritas, no entanto, isto é uma fase inicial e o que sucede com um sucede com todos, todos tem percalços e por mais que planejemos tudo pode mudar.

Aleson: Arnaldo, gostaria de deixar algum recado para a comunidade do Tribal Wars?

Arnaldo: Gostaria de deixar um recado em nome da FEAR, aconteça o que acontecer já deu pra ver que nos viam como uma ameaça por isso nos tentaram abater, no entanto nós vamos continuar o nosso caminho, inicio de BR há sempre aquele player que dorme, mas os que ficam são os que não dormem e são chatos e persistentes, esses são os que ganham mundos e nós somos esse tipo de players, acho que ainda vai haver muito pra rolar aí pra frente.


Entrevista com Nael, líder da RIP

Ver anexo 24012

Aleson: Boa tarde Nael, como tem passado, tudo bem ?
Nael, conta um pouco pra gente da sua experiência com Tribal Wars, quantos mundo já jogou ?

Nael: Boa tarde Aleson, tudo certo e aí?
Eu iniciei no TW de verdade no M34, jogando pela cRy?!; Voltei no 72 onde chegamos ate a guerra final contra a Hero. Aquele BR tem uma marca especial pra mim pois foi onde conheci muitos amigos e adquiri muita experiência. Depois disso, joguei o 100 na Olimpo. No 113 eu fui ADM da RIP, onde fomos também até a guerra final. Atualmente eu sou ADM da Chico no 116 e, obviamente, Líder da RIP no 117.

Aleson: Excelente Nael. Como você chegou até a liderança da RIP, você já conhecia a STAFF e recebeu o convite ?

Nael: Acredito que, modéstia parte, cheguei na liderança através do meu ótimo trabalho realizado no 113 e no 116. Digo isso não só com a minha opiniao, mas considerando o que ouvi e ouço de todos que jogaram/jogam comigo. Naturalmente acabei virando o braçi direito do Renan que não joga.

Aleson:
Nael, a RIP vem forte para esse BR117. Conta um pouco pra gente sobre a estratégia desse início de BR, alguma surpresa ? Ou a primeira semana está sendo dentro do esperado e planejado pela STAFF da RIP ?

Nael: Nossa única estratégia é evitar que nossos membros saiam de férias antecipadas. No geral, não tem nada em especial, nosso early game continua o mesmo.
Aleson: Na sua opinião qual é a tribo que vem mais forte nesse BR 117 e o porque ?

Nael: A mais forte é a RIP, sem dúvida. Assim como a Killer e a WA, a RIP tem um ótimo elenco, porém o que a destaca das demais é que, além do ótimo elenco, a RIP tem uma ótima liderança e isso todos sabem. Na verdade não conheço muito a liderança da WA, mas a Killer eu sei que peca MUITO nesse aspecto.

Aleson: Nael, a RIP atualmente está em guerra com a NoFear, conta um pouco pra gente como tem sido essa guerra

Nael: Não vou negar que eu esperava termos algumas conquistas a essa altura do jogo, porém o TW é cheio de surpresas. Acredito que logo as coisas começam a ocorrer como o esperado.

Aleson: Qual a maior dificuldade que a RIP enfrenta nesse início de BR?

Nael: Eu diria que a maior dificuldade até agora é o fato de que saímos todos muito aglomerados, e isso complica um pouco a questão do Farm da galera, principalmente de quem tá no mar azul.

Aleson: Nael, gostaria de deixar algum recado para a comunidade?

Nael: Faremos história. Alguns de nós iremos ganhar dois BRs seguidos, 116 e 117. Espero que os que falam em bater na RIP e procuram motivos pra desdenhar de nós, permaneçam no BR pelo menos até a hora de nos enfrentar. Aguarde, Bad, Thomas, Starway e todos os randons que colocaram um alvo na nossa cabeça. Vamos varrer um por um!

Essa foi a nossa primeira edição do Tribuna Tribal Wars para o BR117. Agradeço a todos os entrevistados por ceder um pouco de seu tempo para falar sobre esse inicio de BR para a comunidade.

Agradeço a todos os leitores pela atenção, Tribuna Tribal Wars, o seu jornal do Tribal Wars.


Observação IMPORTANTE: A entrevista com o Nael foi realizada quase duas semanas antes da entrevista com o Arnaldo, por isso o momento da guerra entre NoFear e RIP não são os mesmos durante ambas as entrevistas.


OFF: O Nael não perdeu tempo em fazer memes referente a minha demora para concluir a entrevista, então vou deixar alguns dos memes desse engraçadinho aqui embaixo.

Ver anexo 24013

Ver anexo 24014
Milagres acontecem KKKKKKKKK acho importante onde vc deixou claro a diferença de duas semanas, significando que a entrevista aconteceu mais de uma semana antes até mesmo da live do tribuna que teve na sexta. Enfim, fico feliz de colaborar com o projeto ❤️
 

Mick Jagger

Membro Notável
Pontuação de reações
1.798
Pessoal, pensei em colocar legenda nas entrevistas, explicando a fala de alguns entrevistados para quem tiver por fora. Como por exemplo quando o Nael disse "Renan que não joga", foi uma brincadeira referente a um assunto que deu o que falar no FTW em outro mundo. Enfim, vocês acham que é necessário esse tipo de legenda ou não ?
Eu gosto da ideia das legendas sim
 

Dois2

Novo Membro
Pontuação de reações
7
Tribuna Tribal Wars

Edição l (A Primeira Guerra)

Boa noite comunidade do Tribal Wars, essa nossa primeira edição do BR117 é dividida em duas partes, sendo uma pelo YouTube entrevistando Thomas e Amanda "líderes da KILL" em um debate contra Renan e Lívio, "líderes da RIP". A outra parte da entrevista vocês acompanham aqui, pelo FTW.

Entrevista/Debate pelo YouTube

Equipe Tribuna

Ver anexo 24010





Entrevista com Arnaldo, líder da NoFear.

Ver anexo 24011

Aleson: Boa tarde Arnaldo, tudo bem ? Espero que sim. Arnaldo conta pra gente um pouco sobre sua experiência com Tribal Wars, como começou a jogar e quantos mundos já jogou ?

Arnaldo: Boa tarde, é o seguinte eu já jogo há 14 anos com alguns hiatos, em várias contas e em vários servers, a minha experiência se iniciou no tempo de escola quando todo mundo começou a jogar aqui em Portugal, a gente ia de intervalo em intervalo à biblioteca da escola pra fazer as paradas do jogo e prossegui jogando ao longo dos anos.

Aleson: Arnaldo, qual a sua experiência como líder, quais TAGs e em quais BRs você já liderou ?

Arnaldo:
Na verdade tive a minha primeira experiência como líder há uns 4 anos no m90, mas nem lembro qual era a tag, estava lá numa tribo tinha voltado ao jogo e peguei o mundo já com 2 meses de vida, pouco tempo depois a tribo havia debandado e eu criei uma minha e essa foi a minha primeira experiência como lider apesar de ter sido de curta duração. Atualmente lidero um projeto mais sólido, estou liderando a Hell no m114, surgiu da mesma forma que a posterior mas com umas mudanças de tag pelo meio , já tendo feito parte da P3LOPE e atualmente na Btr, nunca larguei a liderança e estou colocando em prática os conhecimentos que acumulei ao longo dos anos.
Por fim eu já havia pensado num projeto meu e decidimos entrar no M117. A ideia inicial era por conta da entrada do suporte e apesar de alguns percalços, a nossa made rachou, mesmo após a entrada uns membros traíram mas estou na liderança da NO FEAR.

Aleson: Mas a NoFear segue firme no 117 ? Por ser um BR muito novo não há a possibilidade de reiniciar ou reverter a situação?

Arnaldo: A gente por mais que preveja o que vai ser ou o que pode ser o BR, seja em que mundo for há a possibilidade de reiniciar, cair na primeira guerra, virar do nada devido a vários fatores, wave bans, etc. então não consigo adivinhar um desfecho a longo prazo, só enaltecer e isso vai de encontro à pergunta, a gente é teimosa e gosta de contrariar as probabilidades então mesmo que haja percalços estaremos aí pra ir até ao fim.

Aleson: Perfeito Arnaldo. Você citou que houve a traição de alguns membros, pode explicar isso pra gente ?

Arnaldo: A nossa pré-made pra este BR, rachou faz uns 3 meses, tinhamos mais de 150 players em mãos, no entanto muita galera saiu devido a acontecimentos do m115, e parte da tribo ficou dividida. Então na hora da entrada no mundo, tivemos de abrir recrutamento e sabe como é, trazer o amigo do amigo é sempre menos confiavel do que ter tudo já pronto, então na 1a semana houve players que pularam pra RIP e têm vindo a atacar a gente.

Aleson: Certo. E qual a maior dificuldade que a NoFear enfrentou contra a RIP ? Ou a virada dos players que de fato desandou as coisas ?

Arnaldo: A dificuldade foi por questão de movimento dos players, nós realocamos com uma estratégia já desenhada, os players que pularam fora ocupam um espaço que dividiu a tribo em 2. Facilitou a vida pra RIP.

Aleson: Arnaldo, na sua opinião qual é a tribo favorita para vencer esse Br ?

Arnaldo: Há várias favoritas na verdade, não podemos negar que existe tribos com muita experiência neste 117, é dos mundos mais completos dos últimos anos e na teoria a RIP, a Killer e WA são as favoritas, no entanto, isto é uma fase inicial e o que sucede com um sucede com todos, todos tem percalços e por mais que planejemos tudo pode mudar.

Aleson: Arnaldo, gostaria de deixar algum recado para a comunidade do Tribal Wars?

Arnaldo: Gostaria de deixar um recado em nome da FEAR, aconteça o que acontecer já deu pra ver que nos viam como uma ameaça por isso nos tentaram abater, no entanto nós vamos continuar o nosso caminho, inicio de BR há sempre aquele player que dorme, mas os que ficam são os que não dormem e são chatos e persistentes, esses são os que ganham mundos e nós somos esse tipo de players, acho que ainda vai haver muito pra rolar aí pra frente.


Entrevista com Nael, líder da RIP

Ver anexo 24012

Aleson: Boa tarde Nael, como tem passado, tudo bem ?
Nael, conta um pouco pra gente da sua experiência com Tribal Wars, quantos mundo já jogou ?

Nael: Boa tarde Aleson, tudo certo e aí?
Eu iniciei no TW de verdade no M34, jogando pela cRy?!; Voltei no 72 onde chegamos ate a guerra final contra a Hero. Aquele BR tem uma marca especial pra mim pois foi onde conheci muitos amigos e adquiri muita experiência. Depois disso, joguei o 100 na Olimpo. No 113 eu fui ADM da RIP, onde fomos também até a guerra final. Atualmente eu sou ADM da Chico no 116 e, obviamente, Líder da RIP no 117.

Aleson: Excelente Nael. Como você chegou até a liderança da RIP, você já conhecia a STAFF e recebeu o convite ?

Nael: Acredito que, modéstia parte, cheguei na liderança através do meu ótimo trabalho realizado no 113 e no 116. Digo isso não só com a minha opiniao, mas considerando o que ouvi e ouço de todos que jogaram/jogam comigo. Naturalmente acabei virando o braçi direito do Renan que não joga.

Aleson:
Nael, a RIP vem forte para esse BR117. Conta um pouco pra gente sobre a estratégia desse início de BR, alguma surpresa ? Ou a primeira semana está sendo dentro do esperado e planejado pela STAFF da RIP ?

Nael: Nossa única estratégia é evitar que nossos membros saiam de férias antecipadas. No geral, não tem nada em especial, nosso early game continua o mesmo.
Aleson: Na sua opinião qual é a tribo que vem mais forte nesse BR 117 e o porque ?

Nael: A mais forte é a RIP, sem dúvida. Assim como a Killer e a WA, a RIP tem um ótimo elenco, porém o que a destaca das demais é que, além do ótimo elenco, a RIP tem uma ótima liderança e isso todos sabem. Na verdade não conheço muito a liderança da WA, mas a Killer eu sei que peca MUITO nesse aspecto.

Aleson: Nael, a RIP atualmente está em guerra com a NoFear, conta um pouco pra gente como tem sido essa guerra

Nael: Não vou negar que eu esperava termos algumas conquistas a essa altura do jogo, porém o TW é cheio de surpresas. Acredito que logo as coisas começam a ocorrer como o esperado.

Aleson: Qual a maior dificuldade que a RIP enfrenta nesse início de BR?

Nael: Eu diria que a maior dificuldade até agora é o fato de que saímos todos muito aglomerados, e isso complica um pouco a questão do Farm da galera, principalmente de quem tá no mar azul.

Aleson: Nael, gostaria de deixar algum recado para a comunidade?

Nael: Faremos história. Alguns de nós iremos ganhar dois BRs seguidos, 116 e 117. Espero que os que falam em bater na RIP e procuram motivos pra desdenhar de nós, permaneçam no BR pelo menos até a hora de nos enfrentar. Aguarde, Bad, Thomas, Starway e todos os randons que colocaram um alvo na nossa cabeça. Vamos varrer um por um!

Essa foi a nossa primeira edição do Tribuna Tribal Wars para o BR117. Agradeço a todos os entrevistados por ceder um pouco de seu tempo para falar sobre esse inicio de BR para a comunidade.

Agradeço a todos os leitores pela atenção, Tribuna Tribal Wars, o seu jornal do Tribal Wars.


Observação IMPORTANTE: A entrevista com o Nael foi realizada quase duas semanas antes da entrevista com o Arnaldo, por isso o momento da guerra entre NoFear e RIP não são os mesmos durante ambas as entrevistas.


OFF: O Nael não perdeu tempo em fazer memes referente a minha demora para concluir a entrevista, então vou deixar alguns dos memes desse engraçadinho aqui embaixo.

Ver anexo 24013

Ver anexo 24014
Massa, massa voto por mais entrevistas com discussões, tw sem briga não é tw!!
kkkk
 

K i n g z e r a

Membro Notável
Pontuação de reações
127
Como que eu alguém bota fé nesse renan?
Nada mais justo do que ter fé no Deus Bolado.
heart-hands_light-skin-tone_1faf6-1f3fb_1f3fb.png
 

Evotikto

Membro Notável
Pontuação de reações
779
Pessoal, pensei em colocar legenda nas entrevistas, explicando a fala de alguns entrevistados para quem tiver por fora. Como por exemplo quando o Nael disse "Renan que não joga", foi uma brincadeira referente a um assunto que deu o que falar no FTW em outro mundo. Enfim, vocês acham que é necessário esse tipo de legenda ou não ?
Acho legal, acompanhar tudo no FTW nem sempre é possivel. Parabéns pelo trabalho
 
Status
Não esta aberto para novas mensagens.
Topo