CNost vs F. EUA

Status
Não esta aberto para novas mensagens.

-CAP AMÉRICA

Membro Ativo
Pontuação de reações
25
O mundo dá voltas.. ontem era eu na posição do Rei, maior inimigo no K, praticamente a última barreira.

A diferença é que eu segurei.. ainda quando era da Club?, já segurava.. Fui o único do k a sobreviver.

Já o Rei furia,

esperava mais ..
:oops:
 

DeletedUser93966

Guest
acontece que ninguém vence sozinho.

mas estou vivo ainda. :)

trabalhar, estudar e manter uma conta no front n é fácil.

triste é ver alguém pagando de bom e na verdade, não faz o minimo que deveria, enfim, não cabe a mim ficar dando explicações, está fora do alcance.

O mundo dá voltas.. ontem era eu na posição do Rei, maior inimigo no K, praticamente a última barreira.

A diferença é que eu segurei.. ainda quando era da Club?, já segurava.. Fui o único do k a sobreviver.

Já o Rei furia,

esperava mais ..
:oops:
foram situações bem diferentes, pode ter certeza.
pelo menos na minha posição eu n sinto culpa pelas perdas.
 
Editado por um moderador:

-CAP AMÉRICA

Membro Ativo
Pontuação de reações
25
acontece que ninguém vence sozinho.
quem disse ao contrário?

mas estou vivo ainda. :)

apenas porq não está 100% no k46, mas relaxa, estamos chegando aí..




trabalhar, estudar e manter uma conta no front n é fácil.
assim como 80% dos players atuais..





triste é ver alguém pagando de bom e na verdade, não faz o minimo que deveria, enfim, não cabe a mim ficar dando explicações, está fora do alcance.
isso foi para mim?
porq to querendo saber o minimo que eu deveria fazer..
:oops:



foram situações bem diferentes, pode ter certeza.

pelo menos na minha posição eu n sinto culpa pelas perdas.
só quem é do mesmo k desde o começo da guerra, sabe que foram situações semelhantes.

se não é, não deveria nem comentar se não sabe..





E onde está o antigo Rei Furia? o_O

 
Última edição:

DeletedUser93966

Guest
não foi p vc n.

acontece que eu entrei na conta por volta do dia 5, uns 3 ou 4 dias depois o rafael parou de jogar e naquele momento só ficamos na conta eu e o julio ( que só entra pela manhã e na semana).

eu trabalho manhã e tarde e estudo em outra cidade a noite, então a conta ficou muito offf e ninguem se propôs a ajudar, ninguem quer sair do bem bom.

eu sabia de todas as minhas limitações de tempo, então eu fui bem claro quando entrei na conta falando que estava entrando apenas para ajudar, logo comecei a conseguir algumas blindagens e construir torres (que n tinha).

as poucas blindagens que consegui foram de no máximo 40k de cada em aldeias no meio do mar vermelho, só os 4 primeiros dias de ataques já foram suficientes para limpar a acc no k46, sempre que podia eu estava snipando, inclusive, teve um fim de semana que fiquei 48 horas no pc snipando e dando renoble no k46, mas ai chegou a semana.

eu n falo agora para aumentar meu ego, pode ter certeza que não faço esse tipo de coisa, eu nunca fui de ficar pagando de bom para ninguem mas eu sei jogar bem, seja para organizar as coisas ou ainda na ativa defendendo a conta, acontece que chega um momento que ou vc é blindado ou não há mais o que fazer, falta tropa p snip, falta nobre p renoble (fiquei sem muitos ferreiros) e etc.

e para falar a verdade, eu voltei a jogar por respeito e consideração ao thomás e ao restante do pessoal do elenco original da EUA, por que tem inumeras contas aqui que não vale o suor, falo mesmo, não tenho rabo preso com ninguem.

com toda limitação, eu n irei abandonar a conta, não tenho vergonha alguma.
 

DeletedUser106997

Guest
Vamos ver quem será o próximo a (sair/kicked) da EUA, kkk
 

-Hisoka-

Membro Notável
Pontuação de reações
147
Boas senhores(as),


Dificuldades todos temos, tanto pessoal quanto in-game e saber lidar com isso é necessário para conseguir conciliar jogo e vida social, cabe a liderança de cada tribo saber também organizar as dificuldades de seus jogadores em relação a atividade para por eles em situações que possam ajudar sem se expor e sem prejudicar a tribo em si. Também temos dificuldades na CNost, tanto na tribo em si e claro se escorre em seus esquadrões, tentamos conciliar as situações adversas para que não afete o front direto e acredito que estamos sendo assertivos nesse aspecto a um bom tempo.

Organização na EUA não falta, vide a performance em noblar bbs para equilibrar o número de aldeias da CNost, isso é plausível e sabemos que é uma estratégia boa pois já fizemos isso anteriormente e deu frutos, a diferença de quando fizemos para o momento que a EUA está a fazer é que o volume de jogo da CNost é alto e massivo e é difícil controlar o front por extenso nesse momento, mas acredito que ao decorrer do jogo poderão equilibrar o front em sua plenitude, às vezes é necessário dar um passo a trás para dar dois passos a frente no futuro.

No mais, como disse antes o volume de jogo da CNost é muito alto e nos rendeu bons avanços, avanços até onde eu imaginaria não ter com tanto exito como foi, visto ser um dos continentes de mais longevidade em front de vocês, mas acredito ser um detalhe na organização total do front, houve a absorvição dos remanescentes da ISRAEL/LS e demanda tempo organizar tudo, acredito que com o passar dos tempos o equilíbrio se estabeleça nas fronteiras.

Obs.: Não sei porque Rei Furia está fora da EUA, como sempre falo estatísticas são dispensáveis e apenas servem para mostrar OP na duração da OP, oque interessa mesmo é território conquistado.


Mapa das conquistas na guerra: (Filtro da última semana)

Azul - Conquistas da CNost em cima da EUA
Vermelho - Conquistas da EUA em cima da CNost




Cumps
-Hisoka-
 
Última edição:

DeletedUser93966

Guest
a rei furia não foi expulsa, ela saiu e não foi em ação minha.

claro que é preciso organizar tudo, isso nunca nos faltou.

o fato é que é bem mais difícil organizar uma área extensa de front assim, quando ela já está sob elevado volume de ataques, vc n conhece bem e não tem tanta gente disponível para tal e também com a qualidade necessária que a guerra demanda, e não pode ser dito que a estrategia da eua em recrutar o restante da israel foi errada, era só olhar a dominância do mundo e saberíamos que o território que não fosse da cnost teria que ser nosso para termos um rumo no mundo.
 

-Hisoka-

Membro Notável
Pontuação de reações
147
a rei furia não foi expulsa, ela saiu e não foi em ação minha.

claro que é preciso organizar tudo, isso nunca nos faltou.

o fato é que é bem mais difícil organizar uma área extensa de front assim, quando ela já está sob elevado volume de ataques, vc n conhece bem e não tem tanta gente disponível para tal e também com a qualidade necessária que a guerra demanda, e não pode ser dito que a estrategia da eua em recrutar o restante da israel foi errada, era só olhar a dominância do mundo e saberíamos que o território que não fosse da cnost teria que ser nosso para termos um rumo no mundo.

Boas,

Não disse que a Rei Furia foi expulsa, apenas disse que não entendo porque está fora, é ruim pra própria conta que fica sem usar os prestígios defensivos da EUA para se defender, além de que estatísticas não interferem em nada no desenvolvimento do front.

Quanto a levar a ISRAEL eu não disse que foi um erro, ao contrário essa era a única saída de vocês tal como a única saída pra vocês equilibrarem melhor a quantia de vilas é noblar bbs, e ainda reforcei que é algo que demanda tempo organizar visto o grande território novo, e claro sob ataque fica ainda mais complicado. Interpretar textos não é difícil.


Cumps
-Hisoka-
 

-CAP AMÉRICA

Membro Ativo
Pontuação de reações
25
não foi p vc n.

acontece que eu entrei na conta por volta do dia 5, uns 3 ou 4 dias depois o rafael parou de jogar e naquele momento só ficamos na conta eu e o julio ( que só entra pela manhã e na semana).

eu trabalho manhã e tarde e estudo em outra cidade a noite, então a conta ficou muito offf e ninguem se propôs a ajudar, ninguem quer sair do bem bom.

eu sabia de todas as minhas limitações de tempo, então eu fui bem claro quando entrei na conta falando que estava entrando apenas para ajudar, logo comecei a conseguir algumas blindagens e construir torres (que n tinha).

as poucas blindagens que consegui foram de no máximo 40k de cada em aldeias no meio do mar vermelho, só os 4 primeiros dias de ataques já foram suficientes para limpar a acc no k46, sempre que podia eu estava snipando, inclusive, teve um fim de semana que fiquei 48 horas no pc snipando e dando renoble no k46, mas ai chegou a semana.

eu n falo agora para aumentar meu ego, pode ter certeza que não faço esse tipo de coisa, eu nunca fui de ficar pagando de bom para ninguem mas eu sei jogar bem, seja para organizar as coisas ou ainda na ativa defendendo a conta, acontece que chega um momento que ou vc é blindado ou não há mais o que fazer, falta tropa p snip, falta nobre p renoble (fiquei sem muitos ferreiros) e etc.

e para falar a verdade, eu voltei a jogar por respeito e consideração ao thomás e ao restante do pessoal do elenco original da EUA, por que tem inumeras contas aqui que não vale o suor, falo mesmo, não tenho rabo preso com ninguem.

com toda limitação, eu n irei abandonar a conta, não tenho vergonha alguma.
Perfeito, entendi!

Continue sim.
 

DeletedUser93966

Guest
Boas,

Não disse que a Rei Furia foi expulsa, apenas disse que não entendo porque está fora, é ruim pra própria conta que fica sem usar os prestígios defensivos da EUA para se defender, além de que estatísticas não interferem em nada no desenvolvimento do front.

Quanto a levar a ISRAEL eu não disse que foi um erro, ao contrário essa era a única saída de vocês tal como a única saída pra vocês equilibrarem melhor a quantia de vilas é noblar bbs, e ainda reforcei que é algo que demanda tempo organizar visto o grande território novo, e claro sob ataque fica ainda mais complicado. Interpretar textos não é difícil.


Cumps
-Hisoka-
Não foi erro de interpretação, meu caro, só quis adiantar alguns pontos para o restante da comunidade.
 

DeletedUser106997

Guest
Lado 1:
Tribos: CNost, .CNost
Lado 2:
Tribos: EUA, EUA²

Timeframe: 01/04/2018 00:00:00para27/04/2018 10:38:24

Total de conquistas:

Lado 1: 5,343
Lado 2: 3,448
Diferença: 1,895



Total de conquistas ao lado inimigo:

Lado 1: 1,583
Lado 2: 168
Diferença: 1,415



Total de pontos de conquistas:

Lado 1: 30,120,706
Lado 2: 10,360,990
Diferença: 19,759,716



Total de pontos de conquistas ao lado inimigo:

Lado 1: 12,682,613
Lado 2: 1,406,731
Diferença: 11,275,882

 

DeletedUser91491

Guest
Desde o início da Guerra:

Avanço da brutal da Cnost frente aos inimigos, consolidando a conquista dos K53/54/55 e 46.
Eua trabalhando noblagens das aldeias bárbaras nos Ks 63/64/65/66 que estavam “livres”, aumentando a extremamente a densidade e proximidade de suas aldeias, antes espalhadas por esses Ks.
Em minha visão, ambas tribos estão realizando as estratégias que as cabem com eficiência. Cnost não deixando o ritmo de noblagens baixar e a Eua, ainda esta se organizando internamente, após a migração da Israel, preparando reordenamento interno e consolidando defesa em linha atrás dos fronts atuais.


Estatistica
Lado 1:

Tribos: CNost, .CNost
Lado 2:
Tribos: EUA, EUA²

Timeframe: 18/03/2018 06:21:00para27/04/2018 14:01:59

Total de conquistas:

Lado 1: 7,856
Lado 2: 6,069
Diferença: 1,787



Total de conquistas ao lado inimigo:

Lado 1: 2,166
Lado 2: 305
Diferença: 1,861



Total de pontos de conquistas:

Lado 1: 45,275,607
Lado 2: 15,683,127
Diferença: 29,592,480



Total de pontos de conquistas ao lado inimigo:

Lado 1: 17,390,962
Lado 2: 2,496,427
Diferença: 14,894,535



MAPA:
 

Anexos

DeletedUser78499

Guest
Não vou falar que eu esperava mais, por quê a maioria dos que não vieram pra CNOST sempre foram egoístas e moitas e o resultado é esse, viraram front, abandonaram as contas. Não se ajudam em apoio, não se ajudam em mdf. Quase nunca fubam, dão renoble, nunca dão BT.

Rei Fúria, Kanov, Gengis, HDORIO entre outros, sempre tiveram aldeias 80%+ em mar azul, viraram front, ficaram "sem tempo".

Bom resto de mundo a todos.
 

DeletedUser105561

Guest
Desde o início da Guerra:

Avanço da brutal da Cnost frente aos inimigos, consolidando a conquista dos K53/54/55 e 46.
Eua trabalhando noblagens das aldeias bárbaras nos Ks 63/64/65/66 que estavam “livres”, aumentando a extremamente a densidade e proximidade de suas aldeias, antes espalhadas por esses Ks.
Em minha visão, ambas tribos estão realizando as estratégias que as cabem com eficiência. Cnost não deixando o ritmo de noblagens baixar e a Eua, ainda esta se organizando internamente, após a migração da Israel, preparando reordenamento interno e consolidando defesa em linha atrás dos fronts atuais.


Estatistica
Lado 1:

Tribos: CNost, .CNost
Lado 2:
Tribos: EUA, EUA²

Timeframe: 18/03/2018 06:21:00para27/04/2018 14:01:59

Total de conquistas:

Lado 1: 7,856
Lado 2: 6,069
Diferença: 1,787



Total de conquistas ao lado inimigo:

Lado 1: 2,166
Lado 2: 305
Diferença: 1,861



Total de pontos de conquistas:

Lado 1: 45,275,607
Lado 2: 15,683,127
Diferença: 29,592,480



Total de pontos de conquistas ao lado inimigo:

Lado 1: 17,390,962
Lado 2: 2,496,427
Diferença: 14,894,535



MAPA:
Q estratégia com eficiência, puxa-saco mesmo, ninguém querendo arriscar falar bobagem e passar vergonha q nem o Lívio fez.

Br tá ganho, só passar a régua, dominância tá parecida de como já esteve pro lado contrário, mas a diferença é simples, eu to aqui e não lá, não to lá e to aqui. GG IZI
 

DeletedUser107934

Guest
Não vou falar que eu esperava mais, por quê a maioria dos que não vieram pra CNOST sempre foram egoístas e moitas e o resultado é esse, viraram front, abandonaram as contas. Não se ajudam em apoio, não se ajudam em mdf. Quase nunca fubam, dão renoble, nunca dão BT.

Rei Fúria, Kanov, Gengis, HDORIO entre outros, sempre tiveram aldeias 80%+ em mar azul, viraram front, ficaram "sem tempo".

Bom resto de mundo a todos.
É de reconhecer que a Eua teve uma boa organização e liderança. Mais eu ainda tinha duvidas, Se realmente era boa liderança, ou se era bons membros. Agora ficou claro.
Por melhor que fosse a organização, frente as peças que foi entregue com a entrada de novos membros, não tinha muito a ser feito. E a liderança foi posta a prova
Lembrando que esses mesmos não fizeram nada quando estavam com super vantagens, imagina ter que lutar agora

Perfil da maioria dos Guerreiros que foram pra EUA, digo maioria porque não estou generalizando

 

DeletedUser107869

Guest
É de reconhecer que a Eua teve uma boa organização e liderança. Mais eu ainda tinha duvidas, Se realmente era boa liderança, ou se era bons membros. Agora ficou claro.
Por melhor que fosse a organização, frente as peças que foi entregue com a entrada de novos membros, não tinha muito a ser feito. E a liderança foi posta a prova
Lembrando que esses mesmos não fizeram nada quando estavam com super vantagens, imagina ter que lutar agora

Perfil da maioria dos Guerreiros que foram pra EUA, digo maioria porque não estou generalizando

As contas são as mesmas, mas os jogadores que eram membros da History abandonaram o BR faz um tempinho e passou a conta para outras pessoas manterem ativas. Só tem 1 ou outro que fazia parte do elenco inicial, então eu realmente achei que o pessoal atual daria um gás, ainda mais com a EUA assumindo o controle, pois eles tem organização e sabem jogar, talvez se tivessem tamanho virariam a guerra, mas pelo jeito é vitória certa da Cnost.

Única forma de virar essa guerra é com traição (algo q não acontece quando uma tribo tem uma enorme vantagem) ou com ajuda externa (20 contas sumirem de um dia pro outro, igual foi no 72).

Estou afastado desde fevereiro e agora que finalmente consegui comprar meu notebook, estou sem um pingo de vontade de retornar ao BR, pois a química que tinha anteriormente tanto nos grupos quanto na tribo não são a mesma coisa, mesmo após a traição da l0ck, o pessoal da History manteve o espírito de "vingança" e até mesmo de vitória, mas nem sempre os resultados são como o esperado e isso foi desgastante para todos.

No mais, venho reconhecer a minha derrota e parabenizar a Cnost pela vitória.
Parabenizar também a Eua pelo show que deram na History lá no k64 e k53.

E por fim, parabenizar a L0ck pela vitória, por mais triste que tenha sido o ocorrido, o tricolor fez algo que manchou a imagem que o pessoal tinha dele aqui no FTW e quebrou a palavra dele comigo, apenas para fazer seus verdadeiros "amigos" vencerem o BR. Porquê por mais melancólico que pareça, se um dia você passar por apuros são esses amigos que estarão com vocês e não aqueles 100 jogadores que você se dedica por eles para depois ouvir abobrinha e receber a culpa de algo que você não é o único responsável.

Até outro BR ! #History
 

DeletedUser71241

Guest
É de reconhecer que a Eua teve uma boa organização e liderança. Mais eu ainda tinha duvidas, Se realmente era boa liderança, ou se era bons membros. Agora ficou claro.
Por melhor que fosse a organização, frente as peças que foi entregue com a entrada de novos membros, não tinha muito a ser feito. E a liderança foi posta a prova
Lembrando que esses mesmos não fizeram nada quando estavam com super vantagens, imagina ter que lutar agora

Perfil da maioria dos Guerreiros que foram pra EUA, digo maioria porque não estou generalizando

É complicado... apesar do pessoal aqui em parte se conhecer do br78(thomas, plufft, julhao, Claudio, maykon, tacos, etc) outros, como Eu e mais uns 40% dos que restaram da EUA antiga, conheceram a liderança da tribo, fomos nos adaptando e nos propomos desde o inicio a jogar da forma que os líderes determinaram, eu por exemplo no inicio fazendo a contenção na primeira linha de defesa e após a fusão por te menos tempo fiquei na retaguarda, ajudando apenas no suporte, assim como alguns faziam desde o inicio do jogo, até pq no inicio nunca houve ninguém na tribo que não tivesse sua função, seja ela qual fosse e apenas dessa forma conseguimos nos manter de pé tanto tempo apesar de sermos bem mais compactos que os inimigos... é dificil vc chegar e aplicar uma estrutura e metodologia pra outros players recém chegados, que por diversos motivos, talvez não queiram ou não tenham animo para serem tão aplicados nesse quesito...

Muitos fatores influenciaram nessa derrocada do setor oeste que é o grande ponto de avanço da Cnost, apesar de termos sofrido baixas no k54/64, nada na proporção da varrida que estamos levando mais ao oeste... muitos que se juntaram a nós, acabaram sucumbindo rapidamente.. tanto pelo mérito da Cnost de ser implacável no ataque, quanto pela fragilidade(até demais em alguns casos) dos players do setor e tbm o insucesso nosso de uma maneira geral de organizar a defesa em um setor que era obvio que íamos levar ferro.. porém é aquilo.. a estratégia de noblar as bbs na retaguarda é de médio/longo prazo, seria preciso mais força e fibra de quem estava na linha de frente... eu e mais alguns começaram a ajudar a preencher o mar de bbs a mais ou menos uns 40 dias, e nesse período perdemos pra lá de 2000 aldeias nos k46/56.. ai fica complicado.
Mas é isso, eu e mais alguns seguiremos tentando fazer o melhor, fazendo a contenção do k´s que ainda possuímos e seguiremos lutando.
 

DeletedUser91491

Guest
É complicado... apesar do pessoal aqui em parte se conhecer do br78(thomas, plufft, julhao, Claudio, maykon, tacos, etc) outros, como Eu e mais uns 40% dos que restaram da EUA antiga, conheceram a liderança da tribo, fomos nos adaptando e nos propomos desde o inicio a jogar da forma que os líderes determinaram, eu por exemplo no inicio fazendo a contenção na primeira linha de defesa e após a fusão por te menos tempo fiquei na retaguarda, ajudando apenas no suporte, assim como alguns faziam desde o inicio do jogo, até pq no inicio nunca houve ninguém na tribo que não tivesse sua função, seja ela qual fosse e apenas dessa forma conseguimos nos manter de pé tanto tempo apesar de sermos bem mais compactos que os inimigos... é dificil vc chegar e aplicar uma estrutura e metodologia pra outros players recém chegados, que por diversos motivos, talvez não queiram ou não tenham animo para serem tão aplicados nesse quesito...

Muitos fatores influenciaram nessa derrocada do setor oeste que é o grande ponto de avanço da Cnost, apesar de termos sofrido baixas no k54/64, nada na proporção da varrida que estamos levando mais ao oeste... muitos que se juntaram a nós, acabaram sucumbindo rapidamente.. tanto pelo mérito da Cnost de ser implacável no ataque, quanto pela fragilidade(até demais em alguns casos) dos players do setor e tbm o insucesso nosso de uma maneira geral de organizar a defesa em um setor que era obvio que íamos levar ferro.. porém é aquilo.. a estratégia de noblar as bbs na retaguarda é de médio/longo prazo, seria preciso mais força e fibra de quem estava na linha de frente... eu e mais alguns começaram a ajudar a preencher o mar de bbs a mais ou menos uns 40 dias, e nesse período perdemos pra lá de 2000 aldeias nos k46/56.. ai fica complicado.
Mas é isso, eu e mais alguns seguiremos tentando fazer o melhor, fazendo a contenção do k´s que ainda possuímos e seguiremos lutando.
Israel, seu depoimento condiz muito com a realidade em vários pontos. Discordo em outros mas isso é parte da democracia...
Eu sinceramente achei a a liderança firme da eua poderia fazer alguns milagres, tal qual por players en conta da antiga ls a funcionar.. deixando o egoísmo práticos deles e visando um bem comum, mesmo q não para uma virada e consequente vitória, mas para ao menos mostrar algo, um suspiro de qualidade e de doação, porém a maioria ali só sabia reclamar e não lutar...
Muitos irão criticar a posição a tomamos, dizendo q foi um atalho a uma vitória, porém quando aconteceu a migração, sabíamos exatamente com os quais poderíamos contar e os q estavam na aba, de passagem...
 
Status
Não esta aberto para novas mensagens.