História do Mundo

  • Iniciar tópico DeletedUser81524
  • Data de início

DeletedUser81524

Guest
Bom dia gente, agora o br46 está chegando ao fim. A #EC principal já tem mais de 80% das aldeias do mundo, e esse número cresce a cada dia, e a academia já tem 10%. Ou seja, estamos lutando contra menos de 10% do mundo. Acho que muitas pessoas foram importantes para esse mundo, e eu estive registrando do meu ponto de vista particular a história do mundo no meu perfil.




Comecei nesse mundo levemente atrasado, pois criei a conta e não joguei, já que estava jogando no br41. Só comecei de verdade após o fim da Silence no br41.Entrei em uma pequena tribo, cheia de noobs e moitas, por que não tinha pontos para uma melhor, mas logo virei líder da academia, por uma série de acontecimentos.Limpei a academia e, junto com o nosso sprinter de estimação, levei ela a passar da principal nos stats de guerra, coisa rara de se ver.Começou então o tão sonhado projeto ELITE, onde pegamos as então 3 tribos da familia e juntamos em duas, retirando moitas e fazendeiros.Foi então que tudo mudou, finalmente conseguimos visibilidade no mundo, e entramos na guerra US x DBZ ao lado da DBZ. Infelizmente, a memsa debandou menos de uma semana depois da nossa entrada, tendo seus jogadores recrutados pela US.Ficamos com uma aliança mal resolvida, comandada por um jogador que nem conseguia organizar a própria tribo e queria nos dizer o que fazer. Sacrificamos muitos membros por causa do mar azul que essa aliança nos impôs (o tédio fazia todo mundo desistir), até que cansamos. Rapidamente saimos da aliança e, nos unindo à Corps, nossa antiga rival, declaramos guerra ao que restou da aliança.

Ao fim da guerra começou um novo capitulo. A ELITE Veteranos e a Terror Corps entraram em fusão, formando a agora conhecida #EC. Nessa fase já tinhamos na tribo membros de quase todas as ex-aliadas, a não ser a BD e o que viria a ser a NATUS (não me lembro do tag das tribos pré-fusão com a US). Mas a guerra ficou acirrada. A LM, que era nossa aliada desde o inicio do jogo, inventou desculpas para quebrar a aliança e ajudar a US na guerra e nos achamos em uma situação no mínimo dificil.Mas uma luz surgiu no fim do túnel. Membros que discordavam da liderança da US saíram e formaram a NATUS, e a guerra ficou um pouco mais justa.A #EC perdia território para a LM, mas ganhava MUITO território em cima dos topas da US. Nesse tempo, a #EC conseguiu tirar da US a maioria do k54 e estabelecer seu próprio domínio, sobrando apenas o canto nordeste do k, onde o domínio era praticamente só do TechGuy.A guerra continuou, e logo houve uma briga interna na #EC feita por membros que achavam que sabiam o que estava acontecendo, e se achavam injustiçados. Essa revolta foi imediatamente reprimida, e após a desistencia do líder da revolta, a maior parte dos membros teve a permissão para voltar.Começava uma fase crítica. Ganhavamos terreno contra a US no k54, mas perdiamos muito terreno para a LM. Já percebendo que isso não iria terminar bem, tinhamos duas opções. Ou blindavamos o front com a LM, o que exigiria muito tempo esforço e tropas, ou tentavamos convencer eles a voltar a ser nossos aliados.Por fim a segunda prevaleceu, e todos atacamos a US.

MAS a líderança da LM queria mandar em tudo que acontecia na EC, e criticava coisas que eles mesmos faziam, e por fim, decidiram nos trair e voltar para a US. SURPRESA! O lamcellot não queria saber de traídores, (quem sabe uma das poucas ações decentes dele em um mundo cheio de injustiças)e a LM foi enganada e ficou sujeita a ser atacada tanto pela US quanto pela #EC. Já a NATUS sofreu represálias nossas pois ela sabia da traíção que ocorreria, e mesmo que segundo eles, não iriam participar, também não se importaram em nos avisar, o que gerou uma guerra declarada por nós, que logo foi resolvida.

Os coitados da ex-BD, naquela época, chamada RESIST, foram os mais prejudicados nessa fase, ao fecharem uma fusão com a LM, foram usados de moeda de troca pelo soul xibas para conseguir a aliança com a US (pelo menos ele achava que conseguiria).Rapidamente a LM debandou, após a desistência do líder praticamente no dia em que a US mostrou suas cores. Formou-se duas tribos médias, a OKAIDA e outra cujo nome não me recordo. Esses jogadores receberam convite para a #EC em sua maioria, mas alguns preferiram ir para a US.A #EC voltava a crescer e junto com a fusão com a NATUS assumia quase metade do mundo, o tamanho era tanto que tivemos que dividir em três setores, norte, sudoeste e leste. Com a extensão do front a guerra acabou ficando estagnada. enquanto ganhavamos terreno em um continente, perdiamos em outro.Mas essa prosperidade não durou muito. Logo os ex-membros da LM decidiram, em sua maioria, ir para a US, o que ocasionou uma debandada muito grande e nos fez perder quase todo o norte. Nessa época os stats acabaram favorecendo a US, que conquistava quem sobrou da #EC entre os seus membros recém recrutados.Foi nessa época que tivemos um grande avanço no k54, limpando tanto a fronteira leste como a norte, empurrando cada vez mais a US para o canto nordeste. Depois de algumas OPs e acontecimentos, acabei perdendo o ânimo de jogar e parei nesse mundo, partindo para o br54.

Assim que voltei houve uma movimentação com o recrutamento do Retrbution, que teve como requisito para entrar se defender sozinho por alguns dias e conquistar US. Infelizmente ele não aproveitou a chance e vendeu a conta, que foi expulsa e voltou para a US.Mas a US já não era mais a mesma. O medo do lamcellot já se dissipava, e todos percebiam quem ele realmente era e todo o jogo sujo e artimanhas que ele usou para chegar onde chegou. recebiamos vários pedidos de convites que eram análisados pela líderança, mas a maior parte foi negado.Até que, depois de várias negociações, recrutamos o TechGuy e o Domrigardo, o que somado a debandada geral da US para outras tribos e à inferioridade na guerra levou a US à ruína.A US foi debandada na noite do dia 21/12/2013, depois de muitos meses de superioridade na tabela. Lamcellot, que acabou sozinho, sem conseguir entrar em tribo alguma, começou a ser noblado e mudou seu nome para vingador solitário (vai se vingar como? só hackeando mesmo, como já fez com muitos daqui da #EC em tentativas frustradas de abalar nosso poder na guerra.)

Após a queda da US basicamente todos os membros entraram na IBDL. De inicio tivemos um PNA para acabar com o que restou da US. O PNA teve vida curta, mas foi terminado com aviso prévio e de forma adequada. Nesta época houve atritos entre a #EC e a H300 por conta de recrutamentos de inimigos sob ataque pela H300, mas logo foram resolvidos diplomaticamente, e aumentou-se o contato entre as tribos, para evitar qualquer possibilidade de um conflito.Após terminar o PNA, a IBDL recrutou quem restou da US, e começou uma nova fase da guerra, #EC + H300 x IBDL. A IBDL, de inicio, manteve a guerra equilibrada, mas logo, seja por falta de motivação, ânimo ou atividade, logo passou ficar para trás nos stats de forma desastrosa. Eles conquistavam bárbaras no mar azul, enquanto nós avançavamos o front. Começou então a Mega-OP, com participação da #EC e H300 em cima de multiplos alvos na IBDL. Entre eles o -= bob marley =- (ex- Whiskey) bonde-trevas e Teon. O grande foco foi no Bob que não suportou os ataques e perdeu em uma semana mais de 200 aldeias, além de ganhar mais de 100kk de ODD no que deve ter sido a maior OP da história do br46. Os outros dois alvos também sofreram danos significativos, o bonde sendo atacado pela #EC e o teon pela H300.

Foi nesse contexto que o infame Lamcellot escolheu para fazer seu retorno. Recriou a US e segundo boatos trouxe alguns de seus antigos "tops" para jogar junto com ele, provavelmente por que não tiveram muito sucesso no br54 também.Com a criação da US, a IBDL se subdividiu, parte indo para a US, e parte ficando na tribo, que se tornou a ~TNE~. Logo foi feito um acordo e os tops da ~TNE~ entraram na #EC. Os stats não são bonitos para a US, que chegou a perder mais de 70 aldeias em um dia, duas vezes, dentro de 8 dias de existência.Enquanto noblavamos os alvos que ficaram devastados após a OP, o Techguy derrotou e noblou sozinho o Grupo JMC, outro dos grandes da US.

Pouco tempo depois das OPs, aconteceu algo trágico, marcello, o dono da conta Bob Marley, veio a falecer, como foi informado. Mesmo sendo inimigos no jogo, foi uma vida que foi perdida, algo muito maior que um simples jogo na internet. Isso desanimou muitos jogadores no mundo, incluindo vários membros da #EC que tiveram contato com o jogador, e mesmo que e nunca tenha conversado com ele, entendo que ele era uma ótima pessoa.Claro, que em meio a essa tristeza, lamcellot aproveitou para dar a cartada final. Como a US estava perdendo a guerra de forma já irreversível, ele usou a morte de seu membro como desculpa para deletar sua própria conta e todas as outras que estavam sob seu poder, que eram a maior parte da US. Assim, ele tentou sair do mundo com o que lhe restou de "honra", o que não foi muito, e eu sinceramente não acredito que tenha sido um ato motivado pelo luto. Se eles estivessem noblando 70 aldeias nossas por dia, certamente a história seria outra, eles expressariam sua dor de uma maneira diferente.Assim, acabei desanimando novamente do jogo, pois não existe graça em lutar contra um inimigo derrotado, ou com mares de aldeias bárbaras.

Nesse momento o mundo já estava ganho para a #EC, e era apenas questão de tempo até fecharmos ele.Seguiram-se OPs em cima de OPs sobre os que restaram, rígidas regras contra a noblagem de bárbaras e a proibição da noblagem de heranças, sendo obrigatório deixá-las tornarem-se bárbaras para acelerar a taxa de domínio do mundo. No dia 13/07/2014, a #EC atingiu 80% do domínio do mundo, sendo que com 90% levamos o mundo.





Acho legal que mais gente compartilhe sua experiência desse mundo, que foi muito diferente do comum. Muitas intrigas, traições, guerras relâmpagos, banimentos, e no nosso caro lamcellot que deve ter batido o recorde de ser banido permanentemente mais vezes em um só mundo, acredito que foram 4 vezes.
 
Editado por um moderador:

Pinkky e o Cérebro

Membro Notável
Pontuação de reações
41
kkkkkkk , realmente foi um mundo com muitas reviravoltas. Eu estava presente até o momento da criação da OKAIDA e em seguida #EC-N, que foi feita após a traição da LM, onde muitos jogadores da LM que não concordavam mais com tantas traições, e discordavam da liderança ( por vários jogadores terem ódio da US (lamlam), vieram comigo formar a OKAIDA, onde eu era o líder junto com um conselho. Com a OKAIDA liderávamos o norte, no k35/36 e 37 para cima, e estávamos no top3 do mundo.

Depois da criação da OKAIDA recebemos convite da #EC que estavam mais distantes da gente, e da US, onde tínhamos front direto com eles no K45, 46 e 47. O Lam Lam todo dia marcava reuniões comigo e meu cop (Circus), para podermos aliarmos a ele. Mas, acabamos optando por entrar na #EC, mesmo estando mais distante deles, por termos como objetivo destruir a US.

Infelizmente depois de algum tempo de criarmos a #EC-N, Lam Lam fez várias ofertas "milionárias" aos nossos jogadores que estavam dando muito trabalho para ele, pois quando viramos EC fizemos eles recuarem no centro, e fazerem front dos dois no sul, leste e norte.

Depois de diversas propostas do LamLam, sofremos traições de jogadores grandes, como a da CoringaAlerquina, e vários jogadores que estavam dentro do nosso mar azul. Lembro bem que na época o juscelito veio para a nossa tribo, e isso aumentou a furia do Lam Lam. Mas com tantas traições alguns jogadores começaram a desanimar.

Infelizmente foi nessa época, no auge da guerra, que eu e meu co-player tivemos que parar de jogar. Ele já havia parado a uma semana, e eu passei no IFG, e me mudei pra lá ficando sem internet, e não tendo como avisar o pessoal do M46. Quando consegui entrar e OKAIDA já tinha sido debandada e minha conta sido apagada .

Foi um belo mundo, e dentre as tribos que se destacaram ( US, LM e EC ), a EC foi a mais leal delas. Lembro também que a traição da LM ocorreu por algumas brigas no fórum, com os líderes de ambas.


Abraço e parabéns a #EC e seus líderes
 
Última edição: