[Tutorial] Aldeias Especializadas

TELOX

Membro Notável
Pois é ... eu não disse que tenho só esse tipo de defesa, tenho um monte de aldeias com as outras formações de defesa, na prática tenho por região um balanceamento bem adequado (obviamente sob minha ótica) por unidades, o que permite além de rápida movimentação um equilíbrio muito bom de DG, DC e DA.
 

-EV-

Membro Notável
Considerando o tuto seria super-ofensivo , que eu faço 3 da ataque pra uma de defesa .

Não tenho forma padrão pra full , como ele destacou no final cada uma tem vantagem e desvantagem então eu uso varios tipos .

Mas gostei sim do tuto .
 

Paulo5800

Guest
É

Realmente é um otimo tutorial faz mais tu é bom nisso
^^-
 

dragon best1

Guest
full com a aldeia toda evoluida

e eu consigo fazer um bom full com uma alde de 12.154 pontos :confused:

espero q nao tenha feito spam:eek:
 

dragon best1

Guest
outro full de defesa

uma vez eu vi um um full de defesa assim

opção 1:

6.000 lanceiros
6.500 espadachins
6.500 arqueiros
e o q sobrar fça exploradores

opção 2:

6.500 lanceiros
6.500 espadachins
6.500 arqueiros
e o q sobrar faça exploradores

na minha opnião estes full's são bons
 

dominaria

Membro Notável
Ponha a o ponto Versatilidade que está presente nas aldeias de ataque, nas aldeias de defesa tbm :)
Neste final de semana, eu pretendo editar este tutorial, vou adicionar mais alguns pontos de análise e mais algumas opções de fulls.

Legal, gostei porque não se trata apenas de números brutos de ataque/defesa. Mas também outros fatores que possuem ainda mais importância que os números, tais como tempo de recrutamento e velocidade das tropas.

Se deixar todos os edifícios iguais, vai deixar o inimigo ver quais aldeias suas tem igreja pela pontuação (para mundos com igreja, claro). Eu costumo deixar a oficina no nível 6. Para aldeias com igreja, baixo pra o nível 5 (Oficina nível 6 te dá 10 pontos, exatamente igual a igreja nível 1) e também baixo o nível do esconderijo conforme o nível da igreja.
É tem essa, como eu não jogava em mundo de igreja não me passou pela cabeça essa fato (só agora que eu fui brincar no m33). Mas realmente a sua solução é boa para equilibrar as coisas, usando diferentes níveis de Esconderijo, Mercado e Oficina da para deixar as aldeias na mesma pontuação.

A defensiva Opção 2: Clássico (com arqueiros) , é a melhor mais eu ainda acrescentaria cav. pesada e diminuiria um pouco de cada tropa, assim ficaria bastante estavel.
Sim, acrescentando pesadas fica um pouco mais viável pois vai diminuir o tempo do recrutamento. Quando eu atualizar o tutorial, vou acrescentar uma formação desse tipo.

Excelente tutorial dominaria, simples e prático, mas creio que vc esqueceu de incluir a aldeia defensiva com a melhor DG de todas, é verdade que não é aplicável a todos os mundos, e tem vulnerabilidade contra arqueiros, mas estatisticamente em todos os mundos há menos de 20% de arqueiros a cavalo que cavalaria leve, mas enfim, é uma alternativa e ao se formar todos os tipos de defensivas se tem sempre o melhor dos mundos. Aqui vai minha contribuição:

Opção 4: A melhor DG(com arqueiros)
É seria uma opção para áreas longe do fronte, para mandar como blindagem em aldeias que estão no fronte. Eu particularmente iria adorar enfrentar alguém que use essa formação, pois eu uso arqueiros a cavalo na composição de meus OFFs

A relação tempo / recursos faz essa defesa impensável na pratica
Realmente, ao recrutar só tropas de um único edificio (quartel no caso), vai demorar bastante para produzir.

Na prática, tenho um monte de fulls defensivos com essa configuração :)
Aposto que vc faz esses fulls em áreas seguras longes de inimigos

Considerando o tuto seria super-ofensivo , que eu faço 3 da ataque pra uma de defesa .
Você é realmente bem ofensivo mesmo com esse rácio. O shuiu do m29 que usava essa mesma proporção (não é a toa que ele é top ODA)

e eu consigo fazer um bom full com uma alde de 12.154 pontos :confused:

espero q nao tenha feito spam:eek:
Tem como conseguir, mas quem deixa a aldeia entre 9k e 10k sempre vai ter mais população sobrando e logo pode ter algumas tropinhas a mais. Mais pontos não vai fazer você vencer uma batalha, agora mais tropas vão.

uma vez eu vi um um full de defesa assim

opção 1:

6.000 lanceiros
6.500 espadachins
6.500 arqueiros
e o q sobrar fça exploradores

opção 2:

6.500 lanceiros
6.500 espadachins
6.500 arqueiros
e o q sobrar faça exploradores

na minha opnião estes full's são bons
Não entendi amigo:

1: essas suas duas opções suas são a mesma coisa. O que muda é que uma tem 500 lanceiros a mais.

2: e essas duas opções já estão citadas no tutorial, é a "Opção 2: Clássico (com arqueiros)". Não importa o número exatado de cada tipo de tropa, e sim a sua proporção e os efeitos (positivos e negativos) específico de cada composição de full.

_________________________
Edit: dei uma atualizada no tuto, acrescentando mais algumas opções e colocando uma pequena análise de cada full. Quando eu tiver tempo eu acrescento os gastos de recursos de cada um.
 
Última edição:

Ianke

Membro Notável
Tá aprendendo dominaria...

Gostei agora dessa nova atualização, acrescentou mais opções de ataque e defesa e ainda mais um comentário em cada opção (Análise).

Esse é um tutorial para se usar como referência para dúvidas sobre como especializar as aldeias...
 

murillo2380

Guest
Exelente tuto, parabéns !!
^^
Porém nao uso nenhum desses sistemas de defesas e/ou ataques.

Mas isso pq já tenho experiência, para alguém q eh novo no jogo, este tutorial é uma exelente forma de ensinar tal jogador a iniciar um jogo.
 

dominaria

Membro Notável
Nossa, eu havia atualizado este tutorial mas com o backup voltou como era antes. Mas beleza, atualizei de novo agora

Porém nao uso nenhum desses sistemas de defesas e/ou ataques.
Também uso outras configurações de full. Mas coloquei aqui só os tipos mais comuns, as minhas próprias opções de tropas eu prefiro que meus inimigos descubram na prática :D
 

witte

Guest
Um full que muitos iniciantes acham bom mas é horrivel é 20000 barbaros
Uma vez ataquei um aldeia com 12.000 barbaros ( não me perguntem pq essas tropas pois eram de um amigo) e matou só 3000 espadachins:cool:
 

Levi Rodrigues

Guest
bom tutorial
como minha expeiencia é maior em mundos sem arqueiros
ultiliso o full
de 7089 barbaros
3000 cl
300 arietes
10 cataputas

e defesa com 10500 espadas
1000 exploras
o resto de lanças
ta certo q os exploras diminuem o poder defencivo da aldeia
mas o inimigo nao ver suas tropas é uma carta na manga
ja em mundos com arquerios
se nao estou enganado
um full de arqueiros a cavalo e com 200 arietes é oq causa maior dano
 

otakiram

Membro Notável
No geral o tutorial está aceitável, tenho um um pouco mais completo c/ mais configurações para fóruns internos (aqui não dá pois o tutorial tem muitas imagens), portanto tentarei ajudar aqui a melhorar também este.
De um modo geral não concordo com o nº de aríetes usados, assim como o uso de aldeias com muitas catapultas. E atenção que a maior parte das configurações não estão balanceadas. Mesmo a configuração das catapultas+paladino não sou apologista mas sei que é bem efectiva porém só compensa para jogadores na ordem dos 100K a 800K. Em fases avançadas tais pormenores são descartados para que a gestão seja um pouco mais prática e confortável.

Você testou para Oficina a 10, podia baixar até para nível 2 pois os 300 aríetes recrutam-se mais rapidamente do que as restantes tropas de ataque. Claro que para ataques com mais aríetes ou catapultas irão requerer uma oficina mais desenvolvida ou melhor construir esses "fulls" em aldeias de bónus que aumenta o recrutamento na Oficina.
Em pormenor estará a desperdiçar algum espaço para tropas, mas claro que regra geral deve-se deixar todas as aldeias com a mesma configuração em pontos.

Esqueceu ainda 2 ataques merecedores de análise. Nukes só de bárbaros ou só de Clś (contando ainda com as rams).
São ataques considerados "especiais" pois quer um quer outro são mais efetivos do que muitas combinações. O Nuke de BBś tem um problema, que é o factor tempo e o nuke de Clś gasta muito ferro. Mas para jogadores de ritmo lento seriam duas configurações plausíveis de recrutar.

E mais uma coisa, o valor de ataque devia ser dividido pelos 3 tipos de diferentes ataque (geral, cavalaria, arqueiro) pois na maior parte dos casos o nuke de maior ataque pode até ser dos menos efetivos.

Faltou contabilizar os exploradores nos seus nukes, são demasiados importantes para serem descartados além de não ter configurações mais vocacionadas para espionagem.

Sobre o uso de 1000 CPś em algumas configs a meu ver não compensa, é muito desperdício. Ou se faz poucas por aldeia de defesa ou se têm algumas full de CPs. A meu ver 200-300 CPs compensa, defendi muito Nts com isso. Mil cavalarias pesadas ocupam demasiada população que seria mais rentável usar em "auto-blindagem"
4: Não foi abordado os exploradores. Você pode preencher a população que sobrar de cada aldeia com exploradores, ou pode fazer uma aldeia apenas de exploradores (1 para cada 20 de outros tipos que possuir).
Não sei se seria a proporção mais indicada, claro que não é preciso dizer que seja obrigatório seguir alguma proporção. Mas a meu ver 1:20 ainda seria muito. Normalmente faço 1 aldeia para cada quadrante (o continente tem 4 quadrantes) ou caso haja quadrantes s/ inimigos compensaria melhor uma aldeia de defesa. Normalmente as aldeias de exploradores ficam bem no front onde se pode espiar múltiplas aldeias em pouco tempo. Assim como a restante especialização depende da estratégia e da geografia de cada jogador.
Talvez se tenha esquecido de um ponto 5: Reservar 400 de população para NTs, ou pelo menos 100 Pop. Aí vai depender do gosto do jogador.
TIPOS DE JOGADORES

Ofensivos: 1 aldeia de ataque para cada 1 de defesa
Equilibrado: 1 aldeia de ataque para cada 2 de defesa
Defensivos: 1 aldeia de ataque para cada 3 de defesa
Quanto a isto talvez trate dos casos mais comuns, mas há jogadores só de defesa ou de ataque e assim o fazem pois é mais rentável á tribo. Ataque só compensa no front, sendo então em zonas aliadas onde só há inimigos a continentes de distância compensa mais os jogadores serem defensivos de modo a suportar a frente de batalha com mais defesa.
As proporções 1:3 podem ser comuns, mas também as de 1:5 ou até mesmo 1:10 / 1:20 (não é preciso muito ataque para conquistar inativos, bbś). De um modo inverso acontece com a frente de guerra, já experimentei ser 100% de ataque e funcionou bem contra inimigos ativos e experientes desde que a tribo não me deixe ficar mal defensivamente.
Tudo depende do modo de jogo, a ideia é essa..

É o fim da minha análise,
 
Última edição:

dominaria

Membro Notável
o tutorial esta bom, mas falta uma defesa anti-arqueiros a cavalo.
Não falta, pois simplesmente não existe uma tropa que tem defesa contra arquearia maior do que os outros tipos. O que mais chegaria perto disso é a catapulta que tem DG igual a DA. Assim o combo de fogueira+catapulta é a melhor defesa existente contra os arqueiros a cavalo.

Sobre o tutorial, reli ele agora e ele está precisando de vários ajustes ai. Vou tentar dar um upgrade nele esta semana.
 

a116

Guest
existe.


  • 8.000 Espadachins

  • 2.000 Cavalaria Pesada
se quiser tambem pode incluir um pouco de cataputas.
 

a116

Guest
uma vez eu vi um um full de defesa assim

opção 1:

6.000 lanceiros
6.500 espadachins
6.500 arqueiros
e o q sobrar fça exploradores

opção 2:

6.500 lanceiros
6.500 espadachins
6.500 arqueiros
e o q sobrar faça exploradores

na minha opnião estes full's são bons
concordo, mas acho que e melhor deixar bem longe dos fronts, pq essa defesa demora mt tempo a recrutar.
 

a116

Guest
Há jogadores que fazem 5 aldeias defensivas por 1 ofensiva.
eu acho que o melhor é:
3 defensivas por 1 ofensiva.