Discussão Qual os 10 melhores jogadores tribal br de todos os tempos?

Status
Não esta aberto para novas mensagens.

ricardo31

Membro Notável
Pontuação de reações
13
Obviamente existe uma diferença entre jogabilidade e trabalho manual repetitivo, sherlok.

O jogo antigo era infinitamente melhor justamente por isso, porque os jogadores tinham que dar conta de fazer boas OPs, defender contas gigantes, bolar boas estratégias, organizar uma tribo, APESAR do trabalho manual repetitivo.

As melhores tribos eram lideradas com maestria, boas operações, estratégias em mapas imensos, com inúmeras tribos inimigas despontando a cada semestre como possíveis vencedoras do mundo... tudo isso enquanto os líderes etiquetavam milhares de ataque na mão; o sprint era bem pensado (as bases do sprint estão no jogo até hoje) enquanto os jogadores farmavam milhares de aldeia na mão, sem assistente de saque; as aldeias tinham só tinham tropas se você fosse lá colocar pra recrutar na mão; os ataques eram coordenados por planilha de excel; os códigos BBs do fórum... eu lembro de ter que decorar um por um pra digitar na mão, e quem pedisse apoio sem usar era expulso da tribo por pedir apoio errado.

Então ninguém aqui tá considerando trabalho repetitivo como critério pra ser um bom jogador, mas sim dizendo que os bons jogadores de antigamente faziam a mesma coisa que os "bons jogadores" de hoje fazem, só que com MUITO MAIS TRABALHO pra jogar, simultaneamente ao tempo em que faziam as boas estratégias, montavam boas OPs, defendiam contas, bolavam táticas de sprint.

Hoje em dia como os mundos são menores e terminam bem mais rápido (tanto pelo tamanho quanto pela covardia das tribos que vivem ganhando) o jogo evoluiu pra análise das estratégias de guerra. É mais importante você definir bem como cada jogador da sua tribo vai se posicionar no jogo (como numa partida de LOL ou numa partida de futebol) do que ensinar todos os seus jogadores a jogar pra cima, atacando... não é mais necessário que todos os jogadores saibam atacar ou defender. Isso acontece tanto pelo tamanho do mapa (que permite um jogador se fixar em um continente e ajudar a tribo dali até o final do mundo) tanto porque o jogo tá infestado de robôs, e qualquer jogador medíocre sabe fazer o que jogadores antigos demoraram meses ou até anos pra conseguir aprender.

Por exemplo, eu tive o enorme prazer de jogar ao lado de dois jogadores que com certeza fazem parte da minha lista dos melhores de todos os tempos: Trickster (como coplay) e LOTT (como parceiro de front, e ajudando a defender a conta de seguidas operações por meses), e os dois desenvolveram o primeiro tutorial de como upar aldeias bárbaras pelo Gerente de Conta (que eu ajudei a testar, e postei aqui no FTW, o primeiro tutorial do gênero). Nós passamos um bom tempo gastando cabeça pra pensar nos detalhes e testar os modelos e as rotas. Hoje em dia qualquer bot faz isso.

Infelizmente (e eu já escutei isso de MUITA GENTE), todos os jogadores que se destacam atualmente não tem mérito em nem 20% das coisas que fazem em suas contas. Desde a evolução até as técnicas de front, é tudo roubo e pilantragem. Então as boas estratégias passam a ser a única função REAL e não robotizada que os ditos "bons jogadores" atuais precisam desempenhar no jogo. Eu não sou besta de achar que uma pessoa que faz a mesma coisa que alguém de mundos antigos (em termos de estratégia) mas precisa se ocupar um milhão de vezes menos com os detalhes do jogo, é digna de ser comparada.

O Tribal wars atual pra mim não produz mais bons jogadores, mas ainda produz bons times. Eu acredito que o grande mérito do TW atual (coisa do destino, um acaso apenas) é produzir bons grupos, boas equipes. Por conta dos mundos serem menores e as técnicas individuais serem banalizadas, o que faz a diferença atualmente é o jogo em conjunto e a organização interna de cada equipe, As vezes um ou outro jogador podem fazer alguma diferença, mas não chega nem perto da diferença que um jogador fazia antigamente. Acredito inclusive que as boas equipes e um bom trabalho em grupo das tribos atuais seja muito superior ao das tribos antigas - mas não acho que as tribos atuais se dariam bem nos mundos antigos, porque as estratégias coletivas atuais se encaixam o perfil dos mundos atuais, e falhariam em um mundo com mais de 70 continentes, por exemplo.

Hoje em dia, os números e as estatísticas de jogo são muito mais importantes e decisivas do que eram antigamente. Uma porcentagem de conquistas, uma porcentagem de atividade... enfim, a perfeição estatística é o que vence um mundo. Fazendo um paralelo com o futebol, atualmente os times que jogam bonito e tem alguma estrela (e contam apenas com isso pra vencer) não são mais suficientes pra bater de frente com um time que é bem postado em campo, ocupa bem os espaços e onde cada jogador desempenha com rigor a função que foi designada pelo treinador. Vence a tribo com mais disciplina.

Nesse sentido, bons estrategistas e bons soldados são infinitamente mais importantes do que jogadores que se destacam individualmente. A discussão de jogadores antigos x jogadores novos não faz sentido porque os bons jogadores antigos não eram bem aproveitados estrategicamente como os "bons jogadores" de hoje são, tendo suas características mais letais melhor aproveitadas, e porque os "bons jogadores" de hoje não são exatamente bons jogadores individualmente, tendo em vista que se escoram na sujeira pra terem espaço pra "apresentar o seu bom jogo".

De modo geral, o TW atualmente seria muito mais encantador se a comunidade tomasse vergonha na cara e jogasse o jogo, ao invés de colocar robôs pra jogar nos seus lugares. Por mais que uma tribo tenha bons estrategistas e uma disciplina impecável, se ela não apelar pra jogo sujo, não se destaca, a competição é desleal e injusta. O TW tinha tudo pra ser (pensando o perfil dos mundos atualmente) um jogo bacana de estratégia de tribos, onde a melhor análise e execução estratégica venceriam. Mas infelizmente, um mar de bárbaras desequilibra o jogo; contas compradas desequilibram o jogo; comandos programados desequilibram o jogo.

Um jogo que podia se reinventar está se afundando na decadência porque os jogadores que estão sendo os protagonistas dos mundos são um bando de bunda mole, uma galerinha frouxa e covarde, que não consegue bater o pé e dizer um basta pro monte de coisa absurda que vêm sendo praticada.

É óbvio que antes uma ilegalidade ou outra existiam, em grande escala, mas atualmente por serem menos jogadores, isso se torna muito mais determinante, muito mais detectável, e como eu cansei de dizer em outros tópicos, é incorporado como estratégia de equipe, parte do jogo de uma tribo inteira, mesmo que indiretamente.


Minha lista (vai ter mais de 10 porque to com preguiça de selecionar nomes):

zablan (joguei ao lado)
trickster (joguei ao lado)
san (joguei ao lado)
dear rosemary (joguei ao lado)
evocations (joguei ao lado)
lott (joguei ao lado)
vitinho4 (joguei ao lado)
mr noise (joguei ao lado)
andercristian (joguei ao lado)
korica (vi jogar/ joguei ao lado)
juca7 (vi jogar)
artic dragon (vi jogar)
reiner (vi jogar, hoje em dia é um moita kkkkk)
terroristarj (vi jogar)
nightmare88 (vi jogar)
fox (joguei contra)
badfish (joguei contra)
child dragon (joguei contra, mas pouco)
ricardo31 (joguei contra)
pedro raquitico (joguei ao lado/ joguei contra/ vi jogar)

Menção honrosa pra duas tribos: WxW do br33 e Clowns do br39

meus critérios são: resiliência, habilidade técnica, visão de jogo e relevância/contribuição para o servidor.


PS: eu acho que faz mais sentido perguntar quais foram as 10 melhores apresentações do servidor BR... as respostas seriam "tal jogador no BR tal" e assim por diante.
Concordo com grande parte do seu raciocínio.
Eu falo porque já jogo desde o servidor net.
E o jogo evoluiu muito, nem sempre no bom sentido, mas parte da evolução veio ajudar a jogabilidade.
Falo sempre do mundo 3 onde joguei, onde tinha jogadores com 6000 vilas.
Era complicado administrar aquilo tudo.
Planear ataques, enviando mais de 3000 ataques reais, nem dava tempo para enviar fakes, porque era tudo na unha.
Quando éramos atacados, etiquetar mais de 20.000 ataques na unha.
Não existia bónus nocturno, alguns tinham medo de ir dormir e acordar com menos 40 ou 50 vilas.
Não era fácil.
Conheci grandes jogadores desde o m3.

Para mim o bom jogador é aquele que se entrega ao trabalho dentro da tribo, ataca, defende, ajuda a defender ficando com as buchas de mdfs dos que quando são atacados têm sempre alguém doente no hospital, antecipa o jogo politico com meses de distância, preparando já alianças e precavendo as traições.
E claro aquele jogador que dentro da tribo sabe compreender os problemas que existem em administrar uma tribo, consegue serenar os ânimos sempre exaltados, sabe cativar os colegas para os propósitos do jogo.

Não será demais citar dois jogadores que ainda estão no ativo:
Badfish
Fox

Sabem liderar exemplarmente, não fogem ao trabalho de formiga que é necessário para administrar a tribo.
Conheci-os ambos no M3 como adversários e são do melhor que existem no tw.
 

TiberiusS

Membro Notável
Pontuação de reações
298
Infelizmente não considero nenhum jogador dos Tops bons.

1-Utilizam muitos scripts e Boots
Não é habilidade e vantagem

2- Não jogam solo a maioria tem uma equipe de coplay q monitora a conta.
Não é Habilidade e vantagem

3- Torra pontos prêmios nós dias atuais,em construção e recursos.
Não é habilidade e vantagem

4- Cria várias multicontas pra farmar
Não é habilidade e vantagem


Se qualquer um dos citados acima utilizam esses recursos não são bons apenas possui vantagem.


Se não usa pps, sabe farmar bem sem usar boot, tem tempo pro jogo sem usar coplay então a glória deste jogador e muito maior.

Antigamente no br36, ou mundos antigos como br24 ver jogador no top era algo admirável e de respeito pq realmente houve um esforço por aquilo, hoje em dia não tenho respeito algum ao não ser vontade de banir eles do jogo. Kkk
 

- Nimmitz

Membro
Pontuação de reações
6
Infelizmente não considero nenhum jogador dos Tops bons.

1-Utilizam muitos scripts e Boots
Não é habilidade e vantagem

2- Não jogam solo a maioria tem uma equipe de coplay q monitora a conta.
Não é Habilidade e vantagem

3- Torra pontos prêmios nós dias atuais,em construção e recursos.
Não é habilidade e vantagem

4- Cria várias multicontas pra farmar
Não é habilidade e vantagem


Se qualquer um dos citados acima utilizam esses recursos não são bons apenas possui vantagem.


Se não usa pps, sabe farmar bem sem usar boot, tem tempo pro jogo sem usar coplay então a glória deste jogador e muito maior.

Antigamente no br36, ou mundos antigos como br24 ver jogador no top era algo admirável e de respeito pq realmente houve um esforço por aquilo, hoje em dia não tenho respeito algum ao não ser vontade de banir eles do jogo. Kkk

Vc resumiu bem essa discussão,os caras se vangloriam de farmar vários kks de recurso, mas se pá entram uma vez no dia por jogo, o boot faz tudo, há sou top 1,2,3, 4,5 xxxx, mas como vc chegou ali? fazendo fusão, comprando accs, noblando aldeias fulls sem gastar um bárbaro, enfim...
 

TiberiusS

Membro Notável
Pontuação de reações
298
Por isso eu e mais 35 Líderes de tribos revoltados com essa situação estamos criando uma tribo q nunca houve e nem haver novamente no TW, com uma estratégia em equipe inovadora pra destruir esses jogadores trapaceiros.

Quero fazer questão de por todos abaixo na base da espada e força bruta.

Raça de trapaceiros. Pior é os chupa ovo desses caras.
Eu sou Endurancers e odeio PP-PLAYER, SCRIPT-PLAYER ,BOOT-PLAYER , MULT-PLAYER e qualquer espécie nova desse tipo.
 
Status
Não esta aberto para novas mensagens.